• Alyne Lopes

O JTBD VAI REVOLUCIONAR A SUA EMPRESA

Gostaria de compartilhar contigo um conceito que é bastante simples, mas muito transformador na vida dos negócios (e do empresário).


Ele é bem simples de aplicar ao negócio, então vou te explicar aqui nesse texto.


O conceito do JOB TO BE DONE (JTBD) traz a tona o porquê das pessoas consumirem o que elas consomem. A moral da história é que ninguém compra um produto, o cliente "contrata" um produto para ajudar ele a ter progresso em uma tarefa (job).


As escolhas sobre a solução que vai resolver o tal problema varia bastante conforme as circunstâncias. Imagine você escolhendo um restaurante. Você faz diferentes escolhas dependendo do propósito dele, seja um jantar romântico, uma reunião de negócios ou um almoço em família. Você é a mesma pessoa, mas dependendo das circunstâncias, fará diferentes escolhas.


Você vai escolher aquele que te ajudará mais a ter progresso no teu objetivo.


É essencial saber a diferença entre O QUE o cliente compra e POR QUE ele compra.


Faça um upgrade na vida dos seus clientes, não do seu produto.

Não construa melhores câmeras fotográficas, construa melhores fotógrafos (com a ajuda da câmera ou outras coisas).


Vamos a um caso clichê, mas bem fácil de entender: KODAK.


Quando se fala de fotografia se fala de lembranças, eternização de momentos, é uma maneira de reviver momentos especiais, seja de um lugar, uma situação ou uma pessoa querida.


Em 1976, 85% das câmeras nos EUA era da Kodak. Era a grande gigante do segmento e vendi muito bem os insumos para câmera, como filmes.


Em 1975, Steven Sassos, um funcionário da Kodak, construiu a primeira câmera digital da história. O projeto foi descartado porque competia diretamente com o mercado de filmes e era muito rentável para a empresa deixar isso de lado.


Nem preciso terminar a história para dizer que a Kodak decaiu ano após ano, até que em 2012 declarou falência.


O sucesso cegou a empresa.


Realmente o registro das memórias era importante, o objetivo, a tarefa permaneceram ali. MAS o meio mudou. Esse conceito é muito útil, principalmente nesse contexto de "novo normal" que tanto se fala.

A maneira como as pessoas consumiram mudou, mas as ambições delas não (o que ela quer, precisa, deseja fazer).


O job to be done não morre. A maneira como é feito sim.


Entender o JTBD do seu negócio fará com que você:

  • antecipe produtos/serviços inovadores que resolvem um problema ainda sem solução

  • identifique as necessidades implícitas dos clientes

  • identifique competidores por um outro ponto de vista (setores alternativos)


Pense nos motivos pelos quais os clientes compram de você.

Fuja de respostas superficiais, vá mergulhando fundo até o X da questão, até o JTBD.


Espero que isso tenha te ajudado a enxergar o potencial incrível que o seu negócio ainda pode explorar.


Sucesso na caminhada!

Se o seu objetivo é crescer o resultado do seu negócio, vem conversar com a gente :)
  • Instagram ALMA Negócios
  • Facebook ALMA Negócios
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Branca ícone do YouTube
Quer receber um DIAGNÓSTICO GRATUITO do seu negócio?

© 2018 - 2020 por ALMA Negócios  |  Todos os direitos reservados  |  Porto Alegre RS