• Pedro Vier

Método OKR: como definir metas e acompanhar resultados.

Atualizado: Set 15

Conheça o método simples e muito eficiente que foi basilar na consolidação da Google como uma gigante da tecnologia, e ainda vem sendo implementado nas mais diversas empresas do mundo.


Fonte: Produção Autoral


O que é OKR?


Hoje em dia, com a nova dinâmica de mercado que ascende, cada vez mais acelerada e competitiva, algumas ações se tornam essenciais para o sucesso de uma empresa. Dentre elas, podemos destacar o planejamento estratégico como um pilar na consolidação de um negócio.


Segundo dados do Sebrae, colocando no contexto de PMEs (Pequenas e Médias Empresas), a falta de gestão estratégica é entendida como um dos principais motivos de falência no Brasil. Mas e o que significa um bom planejamento estratégico, na prática?


Para que uma empresa possa ter seu crescimento de maneira sustentável, é importante que todo membro da equipe tenha claro a resposta de duas questões:

  • Quais são as prioridades da empresa hoje?

  • O que estou fazendo para contribuir com a realização desses objetivos?


Depois da criação de várias técnicas motivadas a responder essas perguntas, pelas principais empresas no mundo, ganhou destaque no início do século XXI as dinâmicas que dependiam de menos sistematização e uma estratégia mais enxuta. Com objetivo de clarear os objetivos da empresa, de maneira simples e eficiente, surgiu o sistema OKR.


OKR, sigla para Objectives and Key Results, é um método popularizado por por John Doerr após seu incrível sucesso na Google – apoiando o crescimento de uma empresa com 40 funcionários, na época, para mais de 60.000 hoje - e define a seguinte fórmula para estabelecer metas:

Eu vou _______ medido por ________.

Assim, temos duas etapas:


Objetivos (O): declaração concisa da direção desejada pela empresa.

Resultados-chave (KR): metas com impacto direto no atingimento do objetivo.


Dessa forma, os OKR são entendidos como uma ferramenta de gestão muito eficiente, já que auxiliam no alinhamento dos esforços da equipe em torno de um objetivo em comum e, sobretudo, desafiador.

Como implementar?


A implementação de OKRs, pela própria proposta do método, deve ser simples e clara. Entretanto, ainda deve ser feita de forma estratégica e com certos padrões.


Enquanto o objetivo é qualitativo, os resultados-chave são quantitativos. Então, objetivos devem ser concisos e claros, para estarem sempre na cabeça dos colaboradores, e os resultados devem ser utilizados para indicar se o objetivo foi atingido até o final de um dado período.


Abaixo temos um exemplo de uma organização no modelo OKR, com foco na experiência do cliente:


Fonte: Produção Autoral



Execução e Acompanhamento


Essa pode ser considerada a parte mais importante do processo, já que de nada adianta planejar e não tirar do papel. O acompanhamento de metas é um bom meio para obter informações do processo e entender se anda conforme o planejado.


Uma forma muito eficiente na execução da metodologia é a implementação de cerimônias, durante o trimestre, para apresentação de resultados e definição das metas. Esses encontros são conhecidos popularmente como OKRs estratégicos, e possibilitam uma maior integração da equipe com o projeto.


Após a implementação do processo, resultados satisfatórios começam a surgir naturalmente. Os efeitos positivos, entretanto, não vêm apenas do cumprimento de key results: também vêm da melhoria nos processos internos, como relatórios semanais e o planejamento trimestral de OKRs, escritas mais objetivas no intuito de potencializar o foco e, principalmente, os aprendizados e a correção de erros.



Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a entender o que é o método OKR e como definir metas e acompanhar resultados ao utiliza-lo. Se ficar com dúvidas, não hesite em deixar um comentário e vamos conversar! Suce$$o

37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo